Heinrich Rudolph Hetz



Heinrich Rudolph Hertz (1857-1894)

 

Experiência de Hertz:
Confirmando a existência de Ondas Eletromagnéticas  

HERTZ E AS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS


1. OS PRIMÓRDIOS

Os ingredientes básicos do Rádio tiveram suas raízes nos trabalhos pioneiros de Oerstedt, Ampère, Faraday e Maxwell (vide Os primórdios). O triunfo da Teoria Eletromagnética de Maxwell e a criação da disciplina "microondas e ondas milimétricas" iniciou-se em 1888, quando Hertz publicou os resultados de seu famoso experimento em um artigo intitulado "On Electromagnetic Waves in Air and their Reflexion". Estes resultados proporcionaram a confirmação experimenta da existência das ondas eletromagnéticas previstas em 1864 por J.C. Maxwell (1831-1879), abrindo o caminho para a comunicação sem fio. Gerando, irradiando e recebendo ondas eletromagnéticas de comprimento de onda 66 cm, Hertz marcou época e estabeleceu definitivamente a validade da teoria eletromagnética.

2. PERSPECTIVA HISTÓRICA

Nascido em Hamburgo, Hertz estudou Engenharia e passou então a dedicar-se inteiramente à Física. Concluiu seu Doutorado (tese: "Indução em esferas rotatórias"), orientado por Von Helmholtz em Berlin em 1880. Foi contratado em 1883 pela Universidade de Kiel e como Professor (full), em 1884, na Universidade de Karlsruhe, onde fez sua famosa descoberta da existência das ondas eletromagnéticas.

Em 1886, 22 anos após os trabalhos de Maxwell, Hertz observou que durante descargas de uma Garrafa de Leyden, centelhas secundárias foram observadas em um local afastado dentro do Laboratório, as quais não podiam ser explicadas pela indução clássica. Ele inferiu que estas descargas eram oscilatórias na freqüência aproximada de 80 MHz, que permitia a irradiação de energia em forma de ondas eletromagnéticas como predito por Maxwell. Hertz expôs suas descobertas na Academia de Berlin em 1887 e ganhou o prêmio Berlin. Seus experimentos mostraram que essas radiações recentemente descobertas, comportavam-se como a luz, sendo parte do mesmo espectro eletromagnético. Em experimentos subsequentes, Hertz provou que as ondas se propagavam com a velocidade da luz e que possuíam propriedades similares às da luz (reflexão, difração, polarização). Nas palavras do próprio Hertz: "The results are fatal to any and every theory which assumes that electric force acts across space independent of time. They mark a brilliant victory for Maxwell's Theory".

Em 1888, Hertz tornou-se Professor Titular em Bonn, sucedendo Clausius. Ele modificou o sistemas de equações de Maxwell de uma forma mais compreensível para os físicos comuns e investigou a eletrodinâmica dos corpos em movimento, um primeiro passo na direção da teoria da relatividade. Além desses resultados, Hertz fez inúmeras outras descobertas em campos da Física como Mecânica, raios Catódicos, Descargas gasosas, Efeitos de UV em centelhas, efeito fotoelétrico entre outros. Infelizmente, Hertz faleceu aos 37 anos em 1894, deixando muitas pesquisas não concluídas. Contudo, seus experimentos abriram as portas para o Rádio e a TV, para os modernos Sistemas de Comunicações e para as aplicações de microondas.

 

 

Página inicial | DES UFPE |