Moventur temporibus, ita desiderium        

[Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Luiz de Camões

 

 

Moventur semper moveat,

[Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades

Mutatis hominis, mutatis fiducia;          

[Muda-se o ser, muda-se a confiança;

Omnes ex mutatio,                       

[Todo o mundo é composto de mudança,

Semper occupata novum qualitates.      

[Tomando sempre novas qualidades.

 

 

Perpetuo nos videre nuntium,

[Continuamente vemos novidades,

Diversis spes;

[Diferentes em tudo da esperança;

Memoria sunt vulnera malum,

[Do mal ficam as mágoas na lembrança,

Et si aliquid boni memoriter.             

[E do bem, se algum houve, as saudades.

 

 

Tempus operit terram viridi tunicam,     

[O tempo cobre o chão de verde manto,

Iam operuit cum nix frigus,               

[Que já coberto foi de neve fria,

carmen dulcissimum transfigurantur in lacrimis. 

[E em mim converte em choro o doce canto.

 

 

Et praeter hunc motum cotidie,                          

[E, afora este mudar-se cada dia,

Alia maior mutatio est admiratio:

[Outra mudança faz de mor espanto:

Mutationibus sunt non ut ante.

[Que não se muda já como soía.