verba
Dantis Mediolanensis [versione libera]
(accommodatæ: H.M. de Oliveira)

aridum verba,
refractarium, siccum
marginibus rupes
ut aqua fluente
tardus et insudet,
non occidere siti.

ut lapides in ore.
labi et titubât
quærentes.
quidam sicut oscula,
alia lacrimam.

iusta non dícere:
esse velint
multi magis quam verba.

quomodo potero capere
idea interminatis
(nescitur quo natus)...
quod qæerit in exprimere ...

verba aridum
in esurienti ora,

et cum oriuntur
non magis quam notes
defunct cantilenæ partes...

Vocabulário
Dante Milano

Áridas palavras,
Refratárias, secas
Arestas de fragas
Secretando uma água
Morosa, suada,
Que não mata a sede.

São pedras na boca.
Rolam balbuciantes
Buscando um sentido.
Uma quer ser beijo.
Outra quer ser lágrima.

Não basta dizê-las.
Elas querem ser
Mais do que palavras.

Como captarei
A ideia sem fim
(Não sei de onde vem)
Que tenta exprimir-se…

Áridas palavras
Para as bocas ávidas,

E quando elas brotam
Não são mais que as notas
De uma extinta música…